Capacidade para 200.000 mil litros (por unidade)
Quando os holandeses se estabeleceram em Nova Iorque, encontraram uma ilha rica em cursos de água e córregos naturais. No entanto, como o setor industrial da cidade cresceu, o mesmo aconteceu com as águas poluídas. Sem um sistema de drenagem adequado, piscinas de sujeira se formariam nas ruas. O dano dessas condições insalubres não foi revelado até que um grupo de nova-iorquinos ricos formou a Associação dos Cidadãos de Nova York para se concentrar na reforma da saúde pública. Depois que a pesquisa do grupo revelou condições perigosamente anti-higiênicas, foi lançada uma campanha para melhorar a qualidade da água e o acesso das pessoas a ela.

Vista novaiorquina das históricas Caixas d’Agua
Em 1870 foi fundado o Departamento de Obras Públicas para melhorar o sistema de drenagem e o acesso à água. Durante a década de 1880, o encanamento interno começou a substituir a água armazenada nas caixas e cerca de 50 anos depois, tanques de armazenamento no último andar começaram a aparecer por todo os Estados Unidos. Os tanques eram colocados nos telhados porque a pressão da água local era muito fraca para elevar a água aos níveis superiores. Quando as construções começaram a ficar mais altas, a cidade exigiu que os edifícios com seis ou mais andares fossem equipados com um tanque no telhado com uma bomba.
Cerca de 5.000 a 10.000 galões de água eram armazenados nos tanques. A camada superior de água era usada para o uso diário, com água no fundo reservada para emergências. Quando a água caia abaixo de um certo nível, uma bomba elétrica era acionada e o tanque reabastecido. Gravidade enviava água para tubos em todo o edifício desde telhado. Esses tanques de água geralmente duravam aproximadamente 35 anos.
"As três Marias", símbolos da capital rondoniense
Com a dinâmica e expansão do setor de abastecimento nas duas décadas seguintes a criação do Departamento de Obras surgiram muitas empresas e entre elas a Chicago Bridge & Iron Works - (CB & I), fundada em 1889 por Horace E. Horton em Chicago, no estado de Illinois e 21 anos depois expandiu suas operações para a América do Sul e em 1910 (três anos após a fundação da cidade de Porto Velho ocorrida em 1907 ergueu a primeira das três caixas d’agua no bairro do Caiary, durante a construção da ferrovia Madeira-Mamoré, no centro da cidade de Porto Velho. Oficialmente a cidade foi fundada em 2 de outubro de 1914). O projeto foi concluído em 1912 com a conclusão da construção dos dois reservatórios que poderão eventualmente desmoronar se não receberem permanente e adequada manutenção.
Embora inicialmente envolvida no projeto de armazenamento de líquidos a granel no final do século 19 ficou conhecida pela engenharia de projeto e construção de tanques para armazenamento de água e petróleo em forma de tanques cilíndricos elevados, revestidos com chapas de metal de forma cônica, e a base em formato côncavo funcionando por ação da gravidade. Cada uma com capacidade de armazenamento de 200.000 litros. Erguidas com a sustentação de quatro colunas de ferro assentadas sobre uma fundação de concreto e uma passarela com parapeito metálico e uma escada usada para sua manutenção e checagem. Elas abasteceram a cidade por 47 anos.
Durante a Segunda Guerra Mundial, a CB & I foi escolhida para construir Landings Tanks (LSTs), que transportava tropas e suprimentos para as tropas americanas e aliadas que lutavam na Europa e no teatro do Pacífico por causa de sua reputação e habilidades, particularmente na construção dos estaleiros costeiros onde fabricou grandes embarcações como porta-aviões, navios de guerra, cruzadores e destróieres.


Louisville, KT Capacidade para 1,200.000 galões
Caixas d’Agua de Madeira foram percursoras dos tanques de de Aço
Por mais de 100 anos, as torres de água construídas com madeira têm sido uma parte ininterrupta do horizonte de Nova Iorque quase sempre despercebidas e ofuscadas por seus vizinhos, os edifícios vitrificados e majestosos. Embora essas relíquias de madeira pareçam algo do passado, o mesmo tipo de estrutura de bombeamento de água continua sendo construído hoje. Com até 17.000 tanques de água espalhados por toda a cidade de Nova York.
Por que madeira?
Os barris de madeira feitos à mão eram mais eficazes para a construção dos tanques de água. Mesmo os edifícios mais luxuosos da cidade, como o 15 Central Park West, por exemplo, possuem reservatórios de madeira. O cedro era muito utilizado por ser um material barato e leve.
Além disso, a madeira era muito melhor para moderação da temperatura do que os tanques de aço. Tanques de aço, embora às vezes usados, eram muito caros, exigiam difícil manutenção e demoravam mais para serem construídos. Um tanque de madeira que permitia armazenar 10.000 litros de água custava cerca de $ 30.000 dólares. Um tanque de aço do mesmo tamanho podia custar até US $120.000. E a água armazenada na madeira não congelará no rigor do inverno e permanecia fresca durante os meses quentes de verão.
Eventualmente, a madeira apodrecia e precisava ser substituída em poucas décadas.


Nova Caixa d’Agua construida em 2018 - Olney, Maryland, com 70 metros de altura
A atual tecnologia americana usada para construção de 'Caixas d’Água'
A agência de água de Olney, Montgomery County localizada na área metropolitana de Washington D.C, concluiu esse ano a construção de um tanque com capacidade de 2 milhões de galões para abastecimento urbano. O objetivo é melhorar a pressão da água naquela parte da cidade e servir a crescente população.
Quarenta e oito cabos de aço de alto calibre ergueram o tanque, no topo de um pedestal de cimento. O local foi escolhido por sua altitude: é um dos pontos mais altos da cidade.
"A gravidade sempre empurra a água para o ponto mais baixo e a água sempre busca o ponto mais baixo". Bombas ajudam aumentar a pressão na distribuicao da água aos clientes, mas a gravidade é o maior impulsionador.
A nova torre é, em parte, uma resposta às queixas da baixa pressão da água que chega aos consumidores, mas também uma questão de segurança pública já que todos os hidrantes da área - centenas e milhares deles - terão melhor pressão da água em caso de emergência, alem de atender as companhias de telecomunicações pela instalação de transmissores de sinais.
O Departamento de Águas planejou a construção da torre há cerca de 10 anos e foi construída em cerca de um ano, em uma cidade onde a altura do edifício é regulada de perto, uma torre de 70 metros de altura pode chamar a atenção.

Ao contrário do que ocorre no Brasil em inaugurações marcadas pelo proselitismo político e outros ‘babados’, nos Estados Unidos a conclusão de uma obra considerada de pequeno porte como esta é noticiada por algum funcionário de agência governamental de forma despolitizada em manifestações como esta em referencia a conclusão do projeto ilustrado na foto acima. Disse o funcionário - "Eu pergunto, se você fosse escolher, você preferiria comprar uma garrafa de água que estivesse em uma garrafa de plástico, talvez por seis meses em uma prateleira empoeirada, provavelmente transportada na traseira de um caminhão em diferentes condições climáticas? Ou você preferiria beber água fresca da torneira cuidadosamente filtrada e tratada? Competiria a você decidir."