Logo após o Estado Islâmico reivindicar a autoria do atentado na boate de Orlando o candidato republicano intensificou seu discurso sobre a importância de um maior rigor na triagem da imigração, em particular a oriunda do Oriente Médio. Para Trump as comunidades muçulmanas fazem vista grossa a suspeitos e terroristas, acobertando-os de forma deliberada em um apoio silencioso e sincronizado objetivando comprometer a segurança americana e de forma objetiva a destruição da civilização Ocidental. Essa simpatia ao terrorismo arraigado na própria essência da cultura desses imigrantes esta cada vez mais clara a percepção do eleitorado o que tem contribuído para o fortalecimento do discurso do Republicano.
Apesar do choque de realidade gerado por seu discurso, Trump sabe que a firmeza de sua postura ante as questões inerentes a segurança nacional de alguma forma segue gerando apoio popular até mesmo em segmentos de imigrantes latino-americanos com direito a voto e identificados com os ideários republicanos. A proposta da construção de muros em algumas áreas de fronteira com o México não se apresenta como desprovida de razão já que os traficantes aplicam milhares do dólares na construção de túneis sofisticados que utilizam para o trafico de seres humanos e drogas desde o lado mexicano com graves consequências ao orçamento público.
Além da edificação de muros e ampliação de recursos para amenizar a silenciosa invasão territorial fronteiriça ante a ineficiência e o desinteresse do Estado mexicano em controlar os traficantes em seu próprio pais, novas técnicas de torturas serão consideradas pelas agências de segurança para gerar maior eficácia na obtenção de informações que permitam evitar e desarticular ações de narcotraficantes e terroristas. Essas medidas entre outras criticadas por membros da administração democrata são plenamente condizentes com a nova realidade que se desenhou a partir dos atentados de 11 de setembro. Trump e parcela majoritária que forma a opinião americana não estão equivocados e a cada ação terrorista se fortalece a necessidade de um governo com maior firmeza e liderança para conter essa ameaça ao mundo livre. Com terroristas covardes não se negocia.
Hoje o próprio Donald Trump compartiu com a comunidade brasileira portadora da cidadania americana sua agenda de campanha para a semana e os esforços para o fortalecimento da nação americana que jamais identificou com debilidades.

13/06/2016
Estimados amigos Brasileiros-Estadunidenses,
O ataque horrível que teve lugar este fim de semana passado revela quão fraca está a liderança do nosso país. Meus pensamentos e orações vão para os muitos amigos e famílias afetadas pelos acontecimentos em Orlando, Florida. Esteja certo que serei um presidente que protegerei e defenderei os americanos e nossos amigos. Não vamos ficar esperando que outra tragédia como esta aconteça. Nós faremos a América recuperar a segurança tornando-a poderosa novamente.
Na terça-feira passada, as primárias oficialmente terminaram e recebi mais votos do que qualquer candidato na história do partido republicano com expressivas vitórias na Califórnia, Montana, New Jersey, Novo México e Dakota do Sul. Agora unimos o Partido Republicano e dirigimos nossa atenção para novembro para assegurar que Hillary Clinton nunca mais colocará os pés na Casa Branca.
Pittsburgh, PA
Na quinta-feira discutiremos com os membros do Comitê da Vitoria estratégias que nos ajudarão angariar fundos para a campanha ganhar espaço para os republicanos em todos os níveis do poder publico.
Comício “Fé e Liberdade", em Washington DC
Na sexta-feira falaremos com líderes religiosos em Washington DC no âmbito da "Coligação Majoritária Fé e Liberdade. Discutimos maior proteção a liberdade religiosa. Em seguida realizaremos um grande comício em Richmond, VA, trabalhando para angariar apoio nesse estado-chave para a vitória.
Grupo de correligionários em Tampa, FL
No sábado, realizaremos comícios em Tampa e Pittsburgh para milhares de simpatizantes!
Hoje, pronunciarei um importante discurso de Manchester, New Hampshire, dedicado a abordar as graves ameaças que pesam sobre todos os americanos, a segurança nacional e o mundo livre e apresentarei soluções para tornar este país mais seguro novamente.
Amanhã, nossa anfitriã será a cidade de Greensboro, Carolina do Norte, na qual iniciaremos um balanço dessa extenuante campanha pela América! Obrigado a vocês pelo apoio.
Cordialmente,
Donald Trump